Por: Rita Camargo Caldas Guarapuava

Soroptimistas em Guarapuava: há 28 anos transformando vidas

Uma história trilhada com talento e muita dedicação.

31/07/2023por Revista Visual

Assim que tudo começou…

A Sra. Maria do Rocio Burko, em visita à Curitiba, encontrou uma amiga, Glacy Tramujas, soroptimista. Em conversa, essa amiga falou do clube para ela e perguntou se não poderia fundar um clube soroptimista em Guarapuava. A Rocio pensou e ficou de amadurecer a ideia. Chegando em Guarapuava, chegou à conclusão que o projeto só faria bem para a comunidade. Então, por telefone foram se comunicando e recebendo as informações necessárias. Teria que ter 18 mulheres, requisito para fundar o clube.

Depois de tudo arranjado, marcaram uma data e vieram de Curitiba as soroptimistas Dirce Cleve, Glacy Tramujas, Arlete Caldas e Cidalite de Campos Hidalgo. A reunião aconteceu na residência de Maria do Rocio, que convidou algumas mulheres, e eu, Rita Camargo Caldas, estava entre elas. As visitantes deram explicações sobre a organização soroptimista e sua missão.

Atentas, escutamos o que apresentaram e ao terminarem a explanação perguntaram quem aceitaria entrar como associada. E assim, ali mesmo foi criada a diretoria, assim composta: Maria do Rocio Burko - presidente, Maria Aparecida Martins – vice-presidente, Rita Camargo Caldas - tesoureira, e Mariangela Ribeiro como protocolo. Foi marcada a instalação para o dia 1º de dezembro de 1995, às 20 horas, no Hotel Atalaia.

Alguns dias antes da fundação, que seria um evento muito marcante para a cidade, foram colocadas faixas em lugares estratégicos da cidade. As faixas diziam: Clube Soroptimista Internacional agora em Guarapuava. Com a união das mulheres pelo ideal de servir, a fundação aconteceu em 1º de dezembro de 1995.

Para a fundação, vieram soroptimistas de Santos: Marlene Elbel de Porto Alegre, Rita Suzana como governadora, Dirce Cleve do SI Curitiba Glória e Cidalita de Campos Hidalgo do Curitiba Glória.

Foi uma noite memorável. Uma brisa serena de verão soprava e o céu todo enfeitado de estrelas cintilantes. Os convidados e as pretensas foram chegando no Hotel Atalaia, recebidas pela banda municipal que encantou a todos com os seus maravilhosos acordes. A cidade recebia o Soroptimismo com toda a pampa. As mulheres acompanhadas dos seus esposos receberam o pin depois de empossadas pela governadora Rita Suzane que se apaixonou pela banda e anos depois ainda falava.

Assim nasceu o SI Guarapuava que pertencia à região das américas. Recebemos por padrinho o SI Curitiba Glória. O clube iniciou com toda a gana procurando entender a organização, seus programas e projetos. Com três meses o clube participou de um Congresso em Campinas e nosso clube foi apresentado como um novo clube criado. Ao longo do tempo, com muita dedicação tivemos sucesso, recebendo diversos prêmios por projetos executados. Em Goiânia recebemos tantos prêmios que tivemos que comprar uma mala.

Pilar Programas

Aqui a nossa concentração de trabalho é na missão com o foco “Mulheres e Meninas”, seja na luta contra a violência doméstica e social. O assédio sexual e a prevenção do tráfico de mulheres, e na isonomia salarial. Foram feitos inúmeros projetos nesse quesito.

 

Pilar Angariação de Fundos

Infelizmente sem verbas, nenhum projeto pode ser realizado.

 

Pilar Conscientização Pública

A meta é tornar a nossa organização conhecida e respeitada, e que tenha expressão junto à comunidade. Buscamos fazer com que a vida de mulheres e meninas sejam melhores, lutando contra a violência, o empobrecimento causado por uma gravidez e contra a discriminação racial e de gênero. Para isso procuramos orientar as meninas capacitando-as através do estudo e crescimento como pessoa.   
 

Sonhe e realize

Programa que dá apoio profissional para meninas do ensino médio, ajudando-as na superação de obstáculos e escolha de carreira. Combate também o assédio sexual, a violência física e mental. O clube foi se renovando, algumas saindo, outras entrando e procurando sempre cumprir com todos os programas em projetos inovadores.

 

Violência

Foi instituído todo dia 25 de cada mês o dia da conscientização a todos sobre a problemática “violência”. A cor da campanha é o laranja. As soroptimistas nesse dia vestem sua camiseta laranja e saem às ruas. Essa campanha iniciou em 2013. A violência de gênero está longe de terminar e continuamos na luta alertando mulheres sobre as formas sutis de agressão consideradas como crime e devem ser denunciadas.

 

Oportunidade para mulheres

O programa “Oportunidade para mulheres” foi feito ano após ano com muito êxito, sendo mulheres beneficiadas pela sua história, pelo seu sonho e a Federação premia as mais necessitadas em dólares. Esses dólares servem para pagar os estudos. Muitas conseguiram se formar na faculdade de Direito, beneficiadas pelo programa.

 

Viva seu sonho

O projeto “Violet Richardson” e “Mulheres ajudando mulheres” foram extintos, substituídos por outros pelo Staff da Federação visando atingir melhor. “Oportunidade para mulheres” trocou de nome para “Viva seu sonho”. O SI Guarapuava fez parceria em projetos que tiveram êxito. Através do trabalho Soroptimista e de insistência, conseguimos trazer para Guarapuava uma delegada para assumir a Delegacia da Mulher, até aquela data ocupada por um homem.

Conseguimos com ajuda de uma soroptimista, Vera Dias, mobilhar a sala da Delegada Dra. Sônia Tapié que fez parceria com o SI Guarapuava na campanha contra a violência.

 

Teatro

Montamos um teatro com a ajuda e parceria das assistentes sociais. Falamos na peça da ardilosa fala dos traficantes para convencer a última, oferecendo uma vida melhor, e elas caem na armadilha. O cenário ficou ótimo e exibimos o teatro em todas as escolas municipais, com ajuda da então secretária de educação. Esse projeto nos rendeu prêmios e até fomos convidadas a apresentá-lo em San Diego, Califórnia.  Tivemos diversas palestras alusivas ao tema violência e ao tema higiene corporal e bucal, distribuindo kits de higiene nas favelas menos favorecidas. Todos os anos recebíamos novas sócias com um jantar festivo, muito concorrido.

 

A diferença na sociedade

Antes da entrada de uma sócia, costumávamos prepará-la para entrar no clube sabendo um pouco dos programas e da missão. Assim, foram passando os anos, muita coisa foi se modificando, e hoje estamos comemorando 28 anos de atividade soroptimista com muito orgulho. Vamos aqui salientar a importância das mulheres que doaram seu tempo e talento ao Soroptimismo.

Foram presidentes nesse período: Maria do Rocio Burko, Rita Camargo Caldas por 3 gestões, Maria José Machado, Sidinei K. Hyczy, Izolina Denize Cruz, Erisy Wolbert, Telma Abreu, Maria Vera Passeti, Elisandra Milla, Lourdes de Figueiredo Leal, Kátia Fengler e Jeanice Sasso na gestão 2023 a 2025. Temos muito orgulho em sermos soroptimistas.