Foto: FreepikCultura

Guarapuava e a Cerveja: uma tradição repassada por gerações e firmada em festivais

09/07/2024por Revista Visual

Guarapuava, situada no coração do Paraná, não é apenas conhecida por suas belas paisagens e clima temperado, mas também por sua profunda e espumante relação com a cerveja. Com uma população de aproximadamente 182 mil habitantes, a cidade se destaca como um dos polos cervejeiros mais vibrantes do estado. 

A tradição cervejeira em Guarapuava remonta ao século XX, com a chegada dos imigrantes europeus, especialmente alemães e poloneses. Eles trouxeram consigo não apenas seus costumes e gastronomia, mas também suas técnicas de produção de cerveja. Esse legado foi passando de geração em geração, evoluindo e se adaptando às novas tecnologias e preferências do paladar brasileiro.

Cervejarias locais: orgulho de Guarapuava

Nos últimos anos, Guarapuava tem se destacado no cenário cervejeiro nacional, com o surgimento de diversas microcervejarias que conquistaram vários prêmios. Algumas das cervejarias locais mais renomadas e que se farão presentes no Festival de Cerveja de Inverno de Guarapuava são:

  • Cervejaria Suábia;
  • Cervejaria Água do Monge;
  • Cervejaria Heimdall;
  • Cervejaria Irmandade;
  • Cervejaria Metzgerbier;
  • Cervejaria Donau Bier;
  • Golden Cervejaria Artesanal;
  • Cervejaria Over Beer;
  • Cervejaria Hank Bier;
  • Cervejaria Jordana Bier.

A produção de cerveja em Guarapuava tem mostrado um crescimento significativo. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil), o Paraná é um dos estados líderes na produção de cerveja artesanal, e Guarapuava contribui consideravelmente para esses números. Conforme o superintendente de negócios da Cooperativa Agrária Jeferson Caus, hoje o malte que atende o mercado cervejeiro brasileiro é produzido em Guarapuava, distrito de Entre Rios (PR), pela Agrária Malte (Agrária), em Taubaté (SP) pela multinacional francesa Soufflet (Maltaria do Vale) e em Porto Alegre (RS), pela Maltaria Navegantes (Imbev). 

Ainda é importante lembrar que o projeto da Prefeitura de Guarapuava ‘Caminhos do Malte’, tem o objetivo de tornar o município um polo cervejeiro. Integrado a este projeto, existe o ‘Bierweg’, um passeio turístico que apresenta desde a produção da cevada, até a degustação das cervejas produzidas na região em algumas cervejarias do município. 

FECIN

Guarapuava não apenas produz cerveja, mas também celebra essa bebida com entusiasmo. O Festival de Cerveja de Inverno de Guarapuava, uma iniciativa privada da empresa Fecin, realizado anualmente, reúne cervejarias locais, oferecendo ao público uma oportunidade de degustar uma vasta gama de estilos de cerveja, além de aproveitar boa música e gastronomia local. Mas o festival não para por aí!

Haverá dois Tap’s de cervejas convidadas. O Tap Bicho do Paraná com opções de cervejas escolhidas a dedo para aqueles que desejam degustar outras opções do estado. Mas também terá o Tap Rio Grande do Sul, com três cervejas gaúchas que serão comercializadas nesta edição no Fecin. 

De acordo com a organização do evento, algumas cervejarias do Rio Grande do Sul foram afetadas severamente pelas enchentes que castigaram o estado, muitas delas com a água invadindo a fábrica e comprometendo não só a produção de cervejas, mas também equipamentos e estrutura. Por isso, o Fecin se solidarizou com os amigos cervejeiros e vai trazer algumas dessas cervejas. 

Os amantes de vinho não vão ficar na mão nessa edição do Fecin! Para aqueles que preferem um bom vinho, o Superpão estará presente com um estande de vinhos deliciosos para esquentar esse friozinho guarapuavano. Além disso, a Porto Faria, marca premiada de cachaça, também vai estar no Fecin com diversos sabores de caipirinhas. 

Portanto, reserve os dias 13 e 14 de julho, o próximo fim de semana, para participar da 6ª edição do melhor festival de cerveja de Guarapuava, Fecin, no Centro de Eventos Cidade dos Lagos. A entrada é gratuita!