Fonte: Prefeitura de GuarapuavaGuarapuava

Entre Rios é indicado para concurso internacional que elege as melhores “vilas turísticas” do mundo

Ao todo, cinco vilas turísticas brasileiras vão participar da seleção realizada pela Organização Mundial do Turismo.

03/07/2023por Revista Visual

O Ministério do Turismo (MTur) selecionou Entre Rios como um dos cinco destinos turísticos rurais brasileiros que representarão o Brasil no concurso internacional “Melhores Vilas Turísticas” (Best Tourism Villages). A iniciativa é realizada pela Organização Mundial do Turismo (OMT) para promover as maiores vilas rurais do mundo.

“Recebemos a notícia da indicação do nosso município ao concurso com grande alegria. Sabemos da importância do Distrito de Entre Rios para o desenvolvimento local e nacional. Essa é mais uma conquista para Guarapuava. Estamos trilhando um caminho de desenvolvimento em todas as áreas e acreditamos que o nosso turismo também é a força motriz para tudo isso”, salientou o prefeito de Guarapuava, Celso Góes.

Com a seleção em nível nacional, o município de Guarapuava reforça o seu potencial turístico por meio de belezas naturais, características históricas e culturais, além de sua produção agrícola. A cidade se destaca como o maior produtor de cevada produzida no Brasil por ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Atualmente, o município já detém o título de Capital Paranaense da Cevada e do Malte, de acordo com a Lei Estadual n° 19124/2017, e busca por meio de um Projeto de Lei na Câmara dos Deputados o título de “Capital Nacional da Cevada e do Malte”. Um perfil de desenvolvimento agrícola e econômico iniciado pelos primeiros imigrantes suábios que chegaram em Guarapuava e se instalaram no distrito.

“Essa visibilidade nacional do Distrito de Entre Rios é muito importante. Estarmos entre as 5 melhores Vilas Turísticas do país é um reconhecimento do trabalho desenvolvido. Agora, concorrer a um título internacional só nos mostra o grande potencial turístico que temos”, enfatizou a secretária de Turismo e Eventos de Guarapuava, Katriane Mila.

Além do distrito de Guarapuava, as regiões indicadas são: Tuiuti (SP), Vila Dona Francisca (SC), Lomba Grande (RS) e Caraguatatuba (SP). O resultado da seleção será divulgado em outubro, na Assembleia Geral da OMT. A organização selecionará apenas dois representantes para concorrer à premiação.

“O reconhecimento internacional conferido pela OMT é um grande incentivo para continuarmos investindo em infraestrutura turística, na preservação do meio ambiente, e na capacitação de nossos profissionais, a fim de aprimorar ainda mais a experiência dos visitantes e fortalecer a competitividade de nossas vilas no mercado global”, destacou a ministra do Turismo, Daniela Carneiro.

Vila de Entre Rios

Localizada a 14km da cidade de Guarapuava, capital da cevada e do malte no Centro Sul do Paraná, a vila de Entre Rios é composta por cinco colônias: Jordãozinho, Samambaia, Vitória, Socorro e Cachoeira. A localidade possui inúmeras opções para degustar cervejas premiadas e a culinária típica, como as famosas tortas alemãs.

Em 1951, a região foi colonizada pelos Suábios do Danúbio, refugiados de guerra de origem eslavo-alemã, que mantêm até hoje suas tradições, cultura, gastronomia, arquitetura e a produção de cervejas artesanais. Atualmente, Guarapuava é responsável por 30% da produção de grãos de cevada de todo país. Isso significa que em cada 4 cervejas produzidas no Brasil, 3 delas contém a matéria-prima produzida em Entre Rios.

O Distrito conta ainda com vários atrativos de grande beleza cênica, como campos verdes, cachoeiras e rios ideais para a prática de esportes de aventura como rapel e trekking, além de serem propícios para pesca esportiva.