Social

Bilionário Michael Bloomberg doa US$ 1 Bi para tornar curso de medicina gratuito para estudantes de baixa renda na Universidade Johns Hopkins

10/07/2024por Revista Visual

Na mais recente demonstração de generosidade filantrópica, Michael Bloomberg, magnata dos negócios e ex-prefeito de Nova York, anunciou uma doação monumental de US$ 1 bilhão à sua alma mater, a Universidade Johns Hopkins. Este gesto transformador visa eliminar completamente as mensalidades para estudantes de medicina cujas famílias ganham menos de US$ 300 mil anualmente.


A iniciativa, revelada na segunda-feira aos alunos da universidade, não se limita apenas às taxas educacionais. Para aqueles cujos rendimentos familiares não ultrapassem US$ 175 mil por ano, as despesas com moradia também serão cobertas, beneficiando diretamente uma significativa parcela dos futuros médicos formados pela renomada instituição.


"Ao final deste compromisso, dois terços dos estudantes de medicina da Johns Hopkins serão contemplados com esta iniciativa histórica", destacou Bloomberg, cuja doação foi canalizada através de sua organização filantrópica.


Além do curso de medicina, a generosidade de Bloomberg estenderá seu impacto para outros programas acadêmicos, abrangendo áreas como saúde pública, enfermagem, educação, engenharia e muito mais. Este investimento não apenas abre portas para o ensino superior a uma ampla gama de estudantes talentosos, mas também reafirma o compromisso de Bloomberg com o acesso equitativo à educação de qualidade.


Com essa doação monumental, Michael Bloomberg não apenas fortalece seu legado como um dos principais filantropos contemporâneos, mas também redefine os padrões de acessibilidade e inclusão no campo educacional, inspirando futuras gerações a alcançarem seu potencial máximo na área da saúde e além.